Investir na usabilidade web, porquê?

Sabemos que a estratégia online de uma marca passa, necessariamente, por mostrar e expandir o conceito, valores, produtos e serviços, de modo a atingir mais audiência. Portanto, se o objetivo é captar mais clientes e consumidores, a usabilidade do website é logo a primeira vertente a trabalhar, e porquê? Porque se o seu website não for intuitivo, se não apresentar claramente a informação, se for difícil de ler e se o cliente se perder facilmente nos menus, então certamente não terá muitas visitas. Pior, o cliente não encontra o produto ou serviço que procura e isso significa não comprar.
 
Quais são os elementos cruciais para a usabilidade de um website?
 
Facilidade e simplicidade.
O truque está em apresentar toda a informação de forma a que o utilizador não tenha de pensar muito onde encontrar o que procura. Informação organizada, menus de fácil acesso e aspeto limpo e simples.
Navegabilidade.
A prova da falta de navegabilidade de um website é quando um utilizador pergunta “onde posso clicar?”, “onde fica o menu” ou “do que trata a página?”. Se solucionar estas perguntas, já terá resolvido metade do problema de usabilidade.
Eficácia e eficiência.
Fácil compreensão do negócio, respostas rápidas e claras, sistema fluído e disposição intuitiva da informação.
 
A usabilidade pode marcar o sucesso ou o fracasso de um projeto. Não basta ter um produto muito bom. Se o website for fraco em aparência e usabilidade, os utilizadores rapidamente procuram a concorrência. Por isso, qualquer web designer ou programador deve colocar a usabilidade como primeiro objetivo na hora de conceber um website. 
 
Os benefícios para o utilizador são claros: ficam mais satisfeitos, desfrutam da experiência e colocam mais confiança no website e na marca. Isto gera igualmente benefícios para o seu website:  redução de custos no apoio ao cliente, redução dos erros do utilizador, regresso de utilizadores e retorno do investimento.
 
Dicas para desenvolver a usabilidade: 
 
Coloque-se no lugar do utilizador; 
Teste o design e a disposição da informação com utilizadores reais;
Teste as soluções da concorrência.
 
Lembre-se que antes de um utilizador comprar um serviço ou produto, primeiro tem de conseguir encontrá-lo no seu website.


Partilhar

Novidades recentes